O SINASEFE Seção Natal vem a público repudiar a atuação da Guarda Municipal do Natal que agrediu nessa quarta-feira (24/07), o aluno do IFRN Campus Cidade Alta e coordenador da Federação Nacional dos Estudantes de Ensino Técnico-Fenet, Marcos Alexandre.

O estudante estava na Escola Estadual Peregrino Júnior, no conjunto Santa Catarina, Zona Norte de Natal, numa mobilização para um ato em defesa da educação que acontecerá no próximo dia 08 de agosto. Marcos Alexandre, que estava acompanhado de outros representantes da Fenet e da União dos Estudantes Secundaristas Potiguares-UESP, relatou que os estudantes foram recepcionados de forma autoritária pela gestão da escola, que queria expulsar os alunos, se negou ao diálogo e acionou a Guarda Municipal para que os estudantes fossem retirados a força do local. Após a chegada da guarda, foi acordado que eles voltariam no dia seguinte para a mobilização na escola, porém, no momento da saída dos estudantes, Marcos Alexandre foi imobilizado e agredido de forma violenta pelos guardas, sob a alegação de desacato à autoridade, o que não se comprova no vídeo que foi gravado no ato da abordagem.

A agressão sofrida pelo estudante mostra as tentativas de criminalizar e reprimir o movimento estudantil que está na luta em defesa da educação. É necessário que a atuação da Guarda Municipal do Natal seja apurada administrativamente e devidamente punida para que sejam inibidas qualquer tentativa de agressão à estudantes que lutam por seus direitos. É válido salientar o papel da Guarda Municipal, que deve se pautar por um trabalho formativo forjado na democracia, e não utilizar a moeda da violência e da punição contra os cidadãos.

O SINASEFE Natal se solidariza ao estudante Marcos Alexandre e se coloca à disposição para eventuais necessidades.

Diretoria Executiva do SINASEFE Seção Natal